Após suspensão de porte de arma, guarda da capital inicia curso de tiro – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Após suspensão de porte de arma, guarda da capital inicia curso de tiro

20_06_2016_15_27_eb6f6c53442b273444f8bd7aaa08800dA Guarda Municipal de Florianópolis começou neste segunda (22) um curso de capacitação de tiro para devolver o porte de armas a oficiais. Segundo Secretaria de Segurança e Gestão do Trânsito, até 2 de setembro 140 guardas estarão de volta às ruas armados.

Os guardas municipais de Florianópolis atuaram armados por oito anos e tiveram o porte cassado em 1º de julho pela Polícia Federal. Em 11 de julho, os oficiais entraram em greve, já que não aceitavam trabalhar sem esses equipamentos. Eles retornaram uma semana depois em funções administrativa.

O treinamento é com armas de cálibre 12, revólver e  pistolas calibre 380. Segundo a secretaria, com documentação finalizada e encaminhada à Polícia Federal, a Guarda Municipal poderá ter o porte retomado.

“Depois dessas duas semanas de treinamento, tudo deve voltar à normalidade. Os guardas vão ter aulas de manhã e de tarde, mas trabalharão em horários que não batam com a grade das turmas, especialmente no final de semana”, disse o comandante da guarda, Alex Silveira.

Conforme Silveira, os 140 oficiais serão divididos em quatro turmas. Outros 25 guardas que já têm porte de arma seguirão com os trabalhos efetivos.

Burocracia
A Secretaria de Segurança e Gestão do Trânsito chegou a anunciar que as aulas começariam em 1º de agosto e terminariam em 31 de outubro. De acordo com o secretário José Paulo Rubim, as aulas atrasaram por uma questão burocrática.

“A Polícia Rodoviária Federal é que vai ministrar as aulas e, para o curso começar, eles precisaram de autorização da Advocacia-Geral da União (AGU)”, disse o secretário Rubim. As aulas serão feitas diariamente na Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF), em Florianópolis.

Compartilhe isso:

Leia Mais

ESCULTURA É INSTALADA NO MAR DA PRAIA DA SEPULTURA
Terça-feira tem nebulosidade e sensação de abafamento em SC
Ex-vice-governador de SC Victor Fontana morre aos 101 anos
Tarifa de ônibus vai aumentar a partir do dia 16 de dezembro em Blumenau
Comentário 28–11