Iluminação da Ponte Hercílio Luz ficará desligada até fim da reforma – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Iluminação da Ponte Hercílio Luz ficará desligada até fim da reforma

blog-jurereinternacional-ponte-hercilio-luz-1024x684A iluminação ornamental da Ponte Hercilio Luz, em Florianópolis, será desligada nesta sexta-feira (29) e permanece assim até o final da reforma, informou a prefeitura. O término está previsto para o segundo semestre de 2018, de acordo com o governo de Santa Catarina.

De acordo com Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), a medida é necessária para a segurança no andamento dos trabalhos. Apenas seis luzes serão vistas na ponte no período noturno. Quatro nas torres, uma em cada pilar, para a navegação, e outras duas vermelhas, de alerta.

Na segunda-feira (25) começou a instalação da quarta grua da ponte. Esta é a última estrutura de sustentação colocada no vão central, responsável por apoiar a ponte enquanto ocorre a substituição de peças. Outras duas gruas serão instaladas, totalizando seis em toda a extensão.

Conforme o governo, depois dessa etapa começa a instalação de 54 macacos hidráulicos para transferência de carga e suspensão do vão central, com o objetivo de iniciar os trabalhos de reforço da estrutura da ponte.

Em seguida, serão realizadas a montagem das novas barras de olhal, montagem de novo pavimento e desmontagem da estrutura provisória.

Ponte, preço e prazo
A ponte está interditada para carros desde 1982. A ideia do governo é que, com a reforma, ela esteja novamente apta a tráfego. A última etapa da reparação está orçada em R$ 261 milhões.

Em dezembro, o governador Raimundo Colombo informou que as obras deveriam terminar em abril de 2018. Entretanto, conforme o Deinfra, o contrato com a Empa, empresa responsável pelas reformas, tem o prazo de outubro de 2018, por isso atualmente se estima que a estrutura ficará pronta no segundo semestre.

O Ministério Público de Contas apurou que em mais de 30 anos a ponte já concentra um gasto de R$ 563 milhões. Este estudo já está no Tribunal de Contas do Estado. O governo do estado contestou o relatório do Ministério Público de Contas.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Megaoperação na Cracolândia pretende marcar início de reurbanização no centro de São Paulo
Temer ganha fôlego com permanência de PSDB, DEM e PPS na base aliada
Empresário Batistense é preso por dirigir embriagado em Canelinha
Semana começa com frio no amanhecer e sol entre nuvens em SC
Quinta (18) deve ser de chuva em boa parte de SC e temperaturas amenas