Imóvel residencial em SC tem valorização de 37% em 10 meses – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Imóvel residencial em SC tem valorização de 37% em 10 meses

21013666A Pesquisa do Mercado Imobiliário (PMI), levantamento divulgado ontem pela Fecomércio SC, mostra que houve uma valorização de 37% no mercado de imóveis residenciais para venda em dez meses. Em agosto, foi registrada a quinta alta seguida em 2016.

A categoria que mais chama a atenção no estudo da Fecomércio SC são os imóveis que custam mais de R$ 1 milhão no Estado. Eles tiveram valorização de 78% entre novembro do ano passado e agosto deste ano.

Já os preços de imóveis comerciais para venda tiveram queda de 2% no valor médio do metro quadrado. Levando-se em conta a alta da inflação do período, de 8,39% (IGP-M), quem vendeu nesse período perdeu dinheiro.

Assim como os imóveis residenciais para a venda, os aluguéis residenciais de imóveis grandes foram os que mais valorizaram no período de novembro de 2015 a agosto de 2016. Os apartamentos de quatro quartos tiveram crescimento médio de 22,4% no metro quadrado, e as casas de quatro quartos valorizaram 15%. Mas as quitinetes também tiveram um aumento de preços expressivo, de 9,5%, enquanto os apartamentos de um dormitório sofreram queda de 0,4%.

 Por outro lado, quem investiu em sala comercial para alugar passa por um momento ruim. Esse tipo de imóvel sofreu queda de 4,8% no preço médio do metro quadrado, segundo o levantamento. Já as casas comerciais para aluguel valorizaram em 20,5% e as lojas, 17,4%.

De maneira geral, os imóveis comerciais em Santa Catarina apresentaram crescimento de 4%, um resultado ruim frente a uma inflação alta. No caso da Grande Florianópolis, isso se explica pela grande oferta de imóveis disponíveis.

– Na Grande Florianópolis, até 10 ou 15 anos atrás, tínhamos pouca oferta de imóvel comercial. Passou-se a investir muito nesse segmento, o que fez o número de lançamentos se multiplicar. Com a oferta grande, os preços acabaram caindo – diz o presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis (Secovi) de Florianópolis, Fernando Amorim Wilrich.

Balneário Camboriú tem preços mais altos de Santa Catarina 

Famosa por imóveis de alto padrão, Balneário Camboriú é a cidade mais cara do Estado para comprar ou alugar imóveis residenciais ou alugar comerciais. Para a compra, o metro quadrado em Balneário custava em agosto R$ 7.998, superior à Capital que ocupa a segunda posição, com média de R$ 5.159.

Balneário também é a cidade mais cara para locação comercial, à frente de Florianópolis. A dupla só inverte quando se analisam os dados de venda comercial: neste caso, a Capital catarinense lidera e Balneário vem em segundo lugar.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Temer diz que população entenderá aumento de impostos dos combustíveis
APROVADO PROJETO QUE PREVÊ TITULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE BOMBINHAS AO GOVERNADOR DE SC
Tarifas do transporte intermunicipal ficam mais caras a partir de domingo (23)
Santa Catarina fica abaixo de 0ºC pelo quinto dia seguido
Público faz campanha para Evaristo Costa ficar na TV, e Globo tenta reverter a decisão do âncora