Lula era o vértice das práticas criminosas, diz MPF em denúncia – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Lula era o vértice das práticas criminosas, diz MPF em denúncia

21036077Ex-presidente da República mais popular das últimas décadas, Luiz Inácio Lula da Silva acaba de ser denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro. A denúncia, assinada por 13 procuradores da República, detalha diversos episódios que, sustenta o MPF, têm relação com troca de favores entre o ex-presidente e empreiteiras. No caso da corrupção, Lula e sua esposa, Marisa Letícia, são responsabilizados por aceitar um triplex no Guarujá (SP), bancado e mobiliado pela OAS. Em relação à lavagem de dinheiro, são elencados 61 objetos que Lula teria despachado após deixar a presidência e que teriam sido armazenados num depósito, custeado pela OAS. Os procuradores interpretam que a guarda dos objetos significa continuidade delitiva, praticada 61 vezes.

O MPF optou por não pedir a prisão dos denunciados. Ou seja, Lula e demais suspeitos poderão responder em liberdade “até final condenação”.

Na denúncia por corrupção e lavagem de dinheiro apresentada nesta quarta-feira em Curitiba, o Ministério Público Federal (MPF) responsabiliza Lula tanto pelos esquemas de corrupção revelados no mensalão quanto os desvendados na Operação Lava-Jato. Os procuradores da República acreditam que o alto escalão da administração pública federal criou uma estrutura que direcionava benefícios aos que estavam no poder e aos seus partidos. E, na cabeça dessa engrenagem, estava Lula.

 “Uma nota comum dessas engrenagens delituosas foi o seu funcionamento em benefício de Lula. Não só pelas vantagens financeiras que recebeu, mas também pela governabilidade conquistada e pelo fortalecimento de seu partido. Foram os partidos e os políticos que orbitaram ao redor dele, como ele próprio, que enriqueceram e tiveram seus projetos de poder alavancados por polpudas somas monetárias, desequilibrando pleitos eleitorais e afetando uma face da democracia pela disputa eleitoral com candidatos alavancados com o financiamento a partir de recursos ilícitos”, diz trecho da denúncia contra Lula.

O MPF diz que tanto o mensalão como o petrolão (como passou a ser chamado o caso de desvio de dinheiro da Petrobras) eram esquemas simultâneos de governo e partidários. Os procuradores asseguram que, ao lotear a administração pública federal direta e indireta, “com propósito criminoso”, Lula distribuiu para o PT e para os demais partidos de sua base, notadamente o PP e o PMDB, verdadeiros postos avançados de arrecadação de propinas ou vertedouros de recursos escusos.

“Como se apurou, a corrupção sistêmica além de persistir, foi incrementada mesmo após a saída formal de José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil do governo). Notadamente porque o comandante da estrutura criminosa não era ele, mas sim o próprio Lula. Lula era a pessoa mais importante no governo e no partido, em benefício do qual fluíram vantagens centrais dos crimes”, acrescenta a denúncia, firmada por 13 procuradores.

Defesa

Em sua página no Facebook, Lula compartilhou postagem de 30 de janeiro de 2016, na qual afirma ter provado que “não é o dono de nenhum apartamento no Guarujá”. “(Lula) jamais foi proprietário dele ou sequer dormiu uma noite no suposto apartamento que a Lava-Jato desesperadamente tenta atribuir ao ex-presidente”, diz o texto.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Temer diz que população entenderá aumento de impostos dos combustíveis
APROVADO PROJETO QUE PREVÊ TITULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE BOMBINHAS AO GOVERNADOR DE SC
Tarifas do transporte intermunicipal ficam mais caras a partir de domingo (23)
Santa Catarina fica abaixo de 0ºC pelo quinto dia seguido
Público faz campanha para Evaristo Costa ficar na TV, e Globo tenta reverter a decisão do âncora