Padre citado no filme 'Spotlight' e já condenado por abuso é preso em SC – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Padre citado no filme ‘Spotlight’ e já condenado por abuso é preso em SC

padre10Um padre, já condenado por ter cometido atos sexuais com crianças em Minas Gerais, foi preso na manhã desta sexta-feira (5) no Norte de Santa Catarina. A prisão preventiva é relativa a duas novas vítimas na cidade mineira de Três Corações. A Polícia Civil de Minas informou que a prisão foi feita na cidade de Barra Velha, na região de Joinville.

De acordo com a polícia mineira, Bonifácio Buzzi, de 57 anos, é citado no filme “Spotlight”, vencedor do Oscar deste ano e que conta a história  verídica de um escândalo de pedofilia divulgado pelo jornal “The Boston Globe”.

Prisão
Segundo o delegado regional de Três Corações, Pedro Paulo Marques, o padre cumpria pena em liberdade na cidade mineira desde 2015.

Neste ano, A Polícia Civil de Minas Gerais recebeu a denúncia de que ele teria cometido o mesmo crime contra uma criança de 9 anos e um adolescente de 13. Segundo Marques, ao saber das denúncias, o padre fugiu para Santa Catarina.

A prisão ocorreu por volta das 11h na casa onde o padre residia, no Norte catarinense. “Ele não estava em casa, que está à venda. Nós ligamos para a corretora como se fôssemos compradores. Quando ele chegou em casa, foi dada a voz de prisão”, relatou o delegado.

Ele será encaminhado para a delegacia de Três Corações, onde vai prestar depoimento à Polícia Civil mineira. A Polícia Civil catarinense também ajudou na prisão.

O G1 tentava contato com a defesa do padre até a última atualização desta notícia. O G1 também entrou em contato com a Diocese de Campanha, responsável pela paróquia de Três Corações, mas não havia ninguém na tarde desta sexta para comentar o assunto.

Condenação
O padre começou a cumprir pena em 2007, explicou o delegado. Ele foi condenado a 20 anos. A pena foi inicialmente cumprida em regime fechado. Em 2015, ele passou a cumprir pena em liberdade. “Foi para Três Corações, continuou no sacerdócio, em uma comunidade católica. Novamente teve envolvimento com crianças, de 9 e 13 anos”, disse o delegado.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Terça-feira tem sol e tempo seco em SC
Duas pessoas ficam feridas ao tentarem desencalhar baleia por conta própria
Polícia Federal faz busca em gabinete do irmão de Geddel
Criminosos invadem Banco do Brasil de Tijucas, mas fogem sem levar valores
Semana começa com tempo mais firme e temperaturas amenas em SC