Padre que empurrou Vanderlei em Atenas 2004 ficou irritado que ex-maratonista acendeu a pira olímpica – Rádio Cidade FM

AO VIVO

Padre que empurrou Vanderlei em Atenas 2004 ficou irritado que ex-maratonista acendeu a pira olímpica

2xa7vh4buy_vexi90j2d_fileComo esquecer o momento em que o maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima foi empurrado por um padre irlandês nas Olimpíadas de Atenas 2004? Cornelius Horan deu uma entrevista para o The New York Times contando que ficou muito irritado que o ex-atleta foi o escolhido para acender a pira olímpica na cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio 2016.

— Eu olho para Vanderlei e penso: ‘você não seria nem de perto essa estrela se não fosse por mim’. Quando o vi [na cerimônia de abertura] com meus próprios olhos, eu realmente fiquei com raiva.

Cornelius disse que enviou duas cartas, em português, para Vanderlei pedindo desculpas, mas nunca recebeu uma resposta do brasileiro.

— É extremamente triste que ele nunca respondeu aos meus pedidos de desculpas, sem falar em ao menos reconhecê-los.

 No final da entrevista, Cornelius reforça que se ele não tivesse empurrado Vanderlei em Atenas, ninguém se lembraria dele hoje em dia.

— É certo que ele não seria a estrela da cerimônia de abertura se não pelo que eu fiz. Quantas pessoas se lembram de medalhistas de ouro de 12 anos atrás?

Vanderlei, que liderava a maratona quando foi empurrado pelo padre, ficou com a medalha de bronze em Atenas, mas também ganhou a Medalha Pierre de Coubertin, que enaltece qualidades éticas e morais e espírito esportivo.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Chuva, temperatura e mar: veja a previsão do tempo para o fim do verão e início do outono em SC
Carne Fraca: PF diz que propina abastecia PMDB e PP
Prefeitura de Porto Belo convoca novos servidores aprovados em seletivos
Presos na Operação F7 atuavam em empresa de software de Rio do Sul
Semana começa com tempo instável na maioria das regiões de SC