Porto Belo institui comissão para monitorar o mosquito Aedes aegypti – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Porto Belo institui comissão para monitorar o mosquito Aedes aegypti

aedesEm Porto Belo, por meio da Secretaria de Saúde, a Prefeitura instituiu uma sala de situação, formada por integrantes de secretarias municipais, Corpo de Bombeiros e Sociedade Civil Organizada. A primeira reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira, 9. Entre as ações estão a concentração de números de focos do mosquito, fiscalização e conscientização dos moradores.

A sala de situação foi montada para definir estratégias para barrar o avanço dos focos do mosquito vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus. Segundo dados da DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) de Santa Catarina, as cidades de Itajaí, Balneário Camboriú e Itapema são as mais afetadas na região.

Uma das prioridades da Secretaria de Saúde de Porto Belo é ampliar a capacidade dos agentes de endemias. Para isso, município e estado realizaram uma capacitação com as agentes de saúde, que passam a auxiliar no combate ao mosquito e conscientização dos moradores, principalmente nos bairros Perequê e loteamento Jardim Dourado.

Paralelo a estas ações, a Prefeitura de Porto Belo, por meio da Famap (Fundação do Meio Ambiente) e Secretaria de Obras, está ampliando os serviços de reciclagem. A partir de segunda-feira, 9, haverá coleta de móveis, eletroeletrônicos e eletrodomésticos. Para solicitar o serviço, os moradores devem fazer o agendamento pelo telefone 3369-4737.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Quarta-feira tem predomínio de nuvens em SC
Ex-executivo de SC que vive em aeroporto do RJ consegue emprego: ‘obrigado a todos’
Porto de Imbituba, no Sul de SC, reabre após ficar fechado por cinco dias
PF faz operação contra governador do RN por obstrução de justiça
Celesc amplia subestação de Porto Belo