Rafaela Silva vence no judô e conquista o primeiro ouro do Brasil – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Rafaela Silva vence no judô e conquista o primeiro ouro do Brasil

20709771Enfim o judô brasileiro conseguiu desencantar e conquistar a primeira medalha de ouro para o país nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A detentora do feito foi a carioca Rafaela Silva, na categoria até 57kg, que derrotou nesta segunda-feira a mongol Sumiya Dorjsuren.

Na grande final, a judoca brasileira aplicou um wazari logo no início do confronto e levou o resultado até o final da disputa. Muito emocionada, Rafaela chorou ao dar entrevista depois da vitória.

— Eu treinei muito depois da derrota em Londres. Eu não queria realizar o mesmo erro. Depois daquela derrota todo mundo me criticou, falaram que o judô não era para mim e que eu era a vergonha da minha família — desabafou ao final do combate ao canal SporTV lembrando a desclassificação em Londres 2012 nas oitavas de final depois de aplicar um golpe irregular.

Na primeira luta, ela venceu a alemã Myiram Roper. Na segunda luta, passou pela sul-coreana Jandi Kim. Nas quartas de final, Rafaela exorcizou seu fantasma. A adversária era a húngara Hedvig Karakas, sua algoz em Londres 2012, na segunda luta e em um combate que durou alguns segundos. Desta vez, não houve chance. A brasileira ganhou com segurança.

Veio a semifinal contra a romena Corina Carprioriu. Com a torcida a favor e cantando o tempo inteiro, Rafaela tomou a iniciativa do combate. Mas a disputa foi dura. Levou os quatro minutos do combate e mais 3min6seg do golden score (o tempo extra). A brasileira venceu com um wwazari a romena, prata em Londres e campeã do Grand Slam de Baku.

Oriunda de um projeto social, o Reação, idealizado pelo medalhista olímpico e hoje global Flávio Canto, Rafaela saiu da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio, para ganhar o mundo. Foi descoberta pelo técnico Geraldo Bernardes, que percebeu nela a agressividade típica dos grandes lutadores.

Essa agressividade vinha da necessidade de sobreviver nas ruas de uma comunidade tão carente como violenta. Hoje, essa ferocidade virou medalha.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Terça-feira tem sol e tempo seco em SC
Duas pessoas ficam feridas ao tentarem desencalhar baleia por conta própria
Polícia Federal faz busca em gabinete do irmão de Geddel
Criminosos invadem Banco do Brasil de Tijucas, mas fogem sem levar valores
Semana começa com tempo mais firme e temperaturas amenas em SC