STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa

angela_campamnhaA candidata Angela Amin (PP) foi condenada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por improbidade administrativa, acusada de fazer promoção pessoal disfarçada de propaganda institucional entre 1997 e 2000, quando foi prefeita da capital catarinense. A decisão foi publicada na segunda (3).

Ainda conforme a decisão, os direitos políticos devem ser suspensos por cinco anos. Da decisão cabe recurso. A candidata disputa o segundo turno para a prefeitura de Florianópolis.

O julgamento do ministro Mauro Campbell Marques ocorreu após recurso do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), autor da ação civil pública. O MPSC informou na tarde desta terça que aguarda ser intimado oficialmente da decisão.

O G1 procurou a assessoria da candidata, que informou que irá enviar uma nota de esclarecimentos ainda nesta terça (4).

Denúncia
Conforme denúncia do MPSC, Angela Amin teria usado em 2000 uma campanha, criada para comemorar o aniversário da capital catarinense, para autopromoção com a finalidade de reeleição.

A peça “A cidade que mora em mim – três anos de governo” foi divulgada três meses após a data de aniversário da cidade, com dano de aproximadamente R$ 1 milhão ao poder público, de acordo com o MPSC.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Gilmar defende que plenário do STF dê a última palavra sobre delações
Prisão de PMs reacende crise entre as polícias no Litoral catarinense
Sexta-feira tem céu encoberto e chance de chuva em algumas regiões de SC
Redução de licenças para pesca industrial da tainha afetará 700 pescadores em SC, prevê sindicato
“Grande acerto”, diz Jungmann sobre convocação das Forças Armadas