STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa – Rádio Cidade FM

AO VIVO

STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa

angela_campamnhaA candidata Angela Amin (PP) foi condenada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por improbidade administrativa, acusada de fazer promoção pessoal disfarçada de propaganda institucional entre 1997 e 2000, quando foi prefeita da capital catarinense. A decisão foi publicada na segunda (3).

Ainda conforme a decisão, os direitos políticos devem ser suspensos por cinco anos. Da decisão cabe recurso. A candidata disputa o segundo turno para a prefeitura de Florianópolis.

O julgamento do ministro Mauro Campbell Marques ocorreu após recurso do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), autor da ação civil pública. O MPSC informou na tarde desta terça que aguarda ser intimado oficialmente da decisão.

O G1 procurou a assessoria da candidata, que informou que irá enviar uma nota de esclarecimentos ainda nesta terça (4).

Denúncia
Conforme denúncia do MPSC, Angela Amin teria usado em 2000 uma campanha, criada para comemorar o aniversário da capital catarinense, para autopromoção com a finalidade de reeleição.

A peça “A cidade que mora em mim – três anos de governo” foi divulgada três meses após a data de aniversário da cidade, com dano de aproximadamente R$ 1 milhão ao poder público, de acordo com o MPSC.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Trump promete sistema de saúde “para todos” em substituição ao Obamacare
Rio Grande do Norte tem nova rebelião em presídio
Semana começa com sol e temperaturas de até 35°C em SC
Estacionamentos em SC não podem ter placas se isentando de furtos
Familiares dos jogadores recebem 40 salários, e Chape estuda ação nos EUA