STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

STJ condena Angela Amin por improbidade administrativa

angela_campamnhaA candidata Angela Amin (PP) foi condenada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por improbidade administrativa, acusada de fazer promoção pessoal disfarçada de propaganda institucional entre 1997 e 2000, quando foi prefeita da capital catarinense. A decisão foi publicada na segunda (3).

Ainda conforme a decisão, os direitos políticos devem ser suspensos por cinco anos. Da decisão cabe recurso. A candidata disputa o segundo turno para a prefeitura de Florianópolis.

O julgamento do ministro Mauro Campbell Marques ocorreu após recurso do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), autor da ação civil pública. O MPSC informou na tarde desta terça que aguarda ser intimado oficialmente da decisão.

O G1 procurou a assessoria da candidata, que informou que irá enviar uma nota de esclarecimentos ainda nesta terça (4).

Denúncia
Conforme denúncia do MPSC, Angela Amin teria usado em 2000 uma campanha, criada para comemorar o aniversário da capital catarinense, para autopromoção com a finalidade de reeleição.

A peça “A cidade que mora em mim – três anos de governo” foi divulgada três meses após a data de aniversário da cidade, com dano de aproximadamente R$ 1 milhão ao poder público, de acordo com o MPSC.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Temer diz que população entenderá aumento de impostos dos combustíveis
APROVADO PROJETO QUE PREVÊ TITULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE BOMBINHAS AO GOVERNADOR DE SC
Tarifas do transporte intermunicipal ficam mais caras a partir de domingo (23)
Santa Catarina fica abaixo de 0ºC pelo quinto dia seguido
Público faz campanha para Evaristo Costa ficar na TV, e Globo tenta reverter a decisão do âncora