Suspeito de matar PM em Porto Alegre era foragido por crimes em SC – Rádio Cidade FM

AO VIVO

Suspeito de matar PM em Porto Alegre era foragido por crimes em SC

william2okA Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (8) o nome do suspeito de matar o soldado da Brigada Militar Luiz Carlos Gomes da Silva Filho com três tiros na Zona Sul de Porto Alegre na última segunda-feira (4). Segundo o delegado Paulo Grillo, diretor do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) William Ribeiro Marinho estava foragido da polícia de Santa Catarina, por crimes de roubo e tráfico, e é agora o principal alvo da polícia do Rio Grande do Sul.

“Estamos trabalhando para localizar esse indivíduo, que é de alta periculosidade. Ele é o nosso alvo número um. Nossa prioridade é localizar e prender o William”, disse o delegado Grillo em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira (8).

Além de William, outros três criminosos estavam no carro abordado pelo PM no dia do crime. Um deles foi preso na manhã de quarta-feira (6). Os outros dois, que não aparecem nas imagens divulgadas, fugiram antes dos disparos que atingiram William e o soldado. O veículo, um Volkswagen Gol, havia sido roubado no último dia 16 de junho.

A Polícia Civil informou que as imagens, perícias, depoimentos de testemunhas e informações repassadas por meio do disque-denúncia levaram à identificação de William. E que o fato dele ser oriundo de outro estado também dificultou a identificação do criminoso. O delegado Grillo relatou que o suspeito preso na quarta-feira confessou participação no crime. Disse também que eles se preparavam para praticar algum delito. “Quatro indivíduos armados estavam em um veículo roubado. Algum crime, com certeza, eles iam cometer”, afirmou.

Na noite de segunda e na madruga de terça-feira (5), policiais monitoraram a entrada de pessoas com ferimentos a bala em todos os hospitais dePorto Alegre e da Região Metropolitana. “Nenhuma entrada fechou com o autor dos disparos. Também não sabemos a gravidade do ferimento, se foi de raspão ou não. Ele pode ter buscado auxílio médico em algum local mais distante ou nem procurado tratar os ferimentos”, disse Grillo.

Por fim, os investigadores pediram para que, se alguém tem alguma informação que possa levar à prisão de William Ribeiro Marinho, que tem 32 anos, ligue para o telefone 0800 64 20 121, que é o Disque-Denúncia da Polícia Civil gaúcha.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Dupla é presa ao vender carro roubado
PM localiza depósito de distribuição de maconha e prende quarteto envolvido no tráfico
Mercados de Florianópolis e Joinville passam por vistoria da Vigilância Sanitária após Carne Fraca
Quinta-feira tem sol e tempo seco na maior parte de Santa Catarina
Quarta-feira amanhece com 5,8ºC em SC; máxima pode chegar aos 32ºC