Temer diz que ministros que se tornarem réus serão afastados e nega 'blindagem' em relação a Lava Jato – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Temer diz que ministros que se tornarem réus serão afastados e nega ‘blindagem’ em relação a Lava Jato

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira (13) que não há, pelo governo, uma tentantiva de ‘blindagem’ em relação a Lava Jato e disse que ministros denunciados no âmbito da operação serão afastados provisoriamente dos cargos e ministros que se tornem réus serão afastados em definitivo.

— Quero anunciar em caráter definitivo e talvez pela enésima vez que o governo jamais poderá interferir nessa matéria, da Lava Jato, que corre pela Polícia Federal, Ministério Público e Judiciário. […] Minha afirmação é que se houver denúncia que significa um conjunto de provas que eventualmente possa conduzir ao seu acolhimento, o ministro que estiver denunciado será afastado provisoriamente, então depois se acolhida a denúncia e aí sim a pessoa, no caso o ministro, se transformar em réu, o afastamento é definitivo. O governo não quer blindar e não vai blindar ninguém e não vai aceitar que a simples menção inauguradora de um inquérito vá incriminá-lo em definitivo. Volto a dizer e enfatizar que não há nenhuma tentativa de blindagem. Se alguém se converter em réu será afastado.

A fala do presidente é uma resposta às críticas que vem recebendo por ter nomeado Moreira Franco, citado em delações da Lava Jato, à Secretaria Geral de Governo.

Para os críticos, a nomeação seria uma manobra para dar a Moreira Franco foro privilegiado. A nomeação tem sido alvo de ações na Justiça que suspendiam a posse mas foram derrubadas em instâncias superiores.

Nesta segunda-feira o ministro do STF, Celso de Mello, deve decidir pela legalidade ou não da posse. O ministro é relator de dois mandados de segurança que pedem a suspensão da nomeação.

Na sexta, ele pediu ao governo federal explicações sobre a nomeação. O documento foi enviado pelo presidente. Na manifestação, ele nega ‘má-intenção’ ao nomear Moreira Franco.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Em jornada contra corruptos, MST ocupa fazenda de Ricardo Teixeira no Rio
Municípios catarinenses que têm herança da cultura açoriana em suas raízes inciam preparativos para o 24º Açor
Terça-feira tem nevoeiros, sol e até 30ºC
Operação contra pedofilia cumpre mandados em cinco cidades de SC
Casan reajusta tarifa de água e esgoto em 6,08% em SC