Temer diz ser provável que alguns ministros se afastem após delações da Odebrecht – Rádio Cidade FM

OUÇA AGORA! VEJA AGORA!

Temer diz ser provável que alguns ministros se afastem após delações da Odebrecht

Presidente Michel Temer
12/04/2017
REUTERS/Ueslei Marcelino

O presidente Michel Temer admitiu nesta segunda-feira (17) que é “constrangedor” ver o País envolvido na série de denúncias de corrupção das delações de executivos da Odebrecht e que alguns de seus ministros podem pedir demissão, mas reiterou que mantém a linha de corte de só afastar quem for denunciado ao Supremo Tribunal Federal.

“É muito provável que alguns ministros fiquem desconfortáveis e acreditem que não podem continuar”, disse Temer em entrevista por telefone à rádio Jovem Pan.

“Não vou demitir ou exonerar porque alguém falou de outro”.

Temer disse ainda ser “constrangedor” e “extremamente desagradável” ter sido citado nas delações da Odebrecht como tendo negociados recursos ilegais para o PMDB, por “se tratar de uma inverdade”, mas assegurou que as delações não irão “prejudicar a governabilidade”.

Compartilhe isso:

Leia Mais

Temer diz que população entenderá aumento de impostos dos combustíveis
APROVADO PROJETO QUE PREVÊ TITULO DE CIDADÃO HONORÁRIO DE BOMBINHAS AO GOVERNADOR DE SC
Tarifas do transporte intermunicipal ficam mais caras a partir de domingo (23)
Santa Catarina fica abaixo de 0ºC pelo quinto dia seguido
Público faz campanha para Evaristo Costa ficar na TV, e Globo tenta reverter a decisão do âncora